Panorama
panorama_1.jpg

Emoção, diversão e... tucunarés

Panorama é uma cidade que fica, na divisa dos estados de SP e MS, às margens do Rio Paraná. Tradicional reduto de pescadores de piaparas e dourados, hoje a cidade vive o boom do tucunaré, que invadiu as áreas alagadas pela construção do reservatório Sérgio Motta e hoje constitui a maior fonte de turismo da região.
Reúne hoje as melhores condições de hospedagem e serviços para o pescador de tucunarés que se dirige à região
Na região de Panorama, o tucunaré atinge peso máximo de cerca de 5 kg. São comuns exemplares entre 1 e 2 kg de peso, e a piscosidade local é boa, principalmente nas lagoas de varjão defronte à cidade que formam o labirinto e nas pauleiras logo abaixo dessas lagoas.
O tucunaré é um peixe predador de águas lênticas, originário da bacia amazônica, cuja pescaria é realizada com iscas naturais vivas ou artificiais. O movimento da isca é que instiga o peixe a atacar. Normalmente, o peixe fica em estruturas submersas, como vegetações, pauleiras, tocos de árvores, pedreiras, etc. à espreita dos peixinhos com que vai se alimentar. Assim que abocanha a isca, tende a voltar rapidamente para o local onde estava e, nessa fuga violenta, costuma enroscar a linha ou a isca nas tranqueiras, dificultando a sua retirada por parte do pescador.
 

 O equipamento
Logo de manhã, os preparativos do equipamento de pesca. O equipamento ideal para a pesca do tucunaré na região é composto de vara de 1,68 a 1,82 m (5´6" a 6´), ação rápida, com molinete ou carretilha que comporte pelo menos 80 m de linha 0,37 a 0,40 mm.
Usar presilhas (snaps) reforçados para facilitar a troca de iscas, garatéias extra-reforçadas do tipo 4x e leader de 0,50 mm, para evitar o desgaste da linha nas pauleiras e outras estruturas onde o tucunaré costuma se refugiar.


serra_mesa-2.jpgA pescaria

É importante pescar com no máximo dois pescadores por barco mais o piloteiro, para garantir a segurança e bons arremessos.
Muitas vezes, o tucunaré bate na isca com violência, sem, contudo, acertá-la. Nesse caso, é interessante parar a isca, ou então modificar o trabalho para que o peixe faça um novo e certeiro ataque.
Vale a pena aventurar-se numa pescaria de tucunarés. Além do tucunaré, há a possibilidade de pegar traíras nos mesmos pontos de pesca e fazer a pescaria de dourados com tuviras a cerca de 40 minutos de barco da saída da marina.

 

Click aqui para roteiro detalhado